Roteiro de visita Walking Tour

Sugerimos aos visitantes uma experiência única e memorável de turismo a pé (Walking Tour) pelo Centro Histórico de São Vicente. Um roteiro curto que pode ser realizado por adultos e crianças com duração mínima de uma hora.

1º) Turismo Histórico

  1. Casa Martim Afonso

Começando pela Casa Martim Afonso, o visitante conhecerá uma das instalações mais antigas da Cidade. A Casa oferece serviço monitorado das 10h às 16h30 e abriga um acervo permanente que conta a história da formação da Vila de São Vicente, objetos arqueológicos encontrados em escavações ocorrentes na Cidade e cartas cartográficas da chegada de Martim Afonso de Souza. A entrada é gratuita e funciona de terça a domingo, das 10h às 16h45.

 

  1. Marco Padrão

Saindo da Casa Martim Afonso, olhando em direção a praia, você pode caminhar atravessando a Praça 22 de Janeiro, o Marco Padrão fica bem na praia em frente. A sua localização baseia-se em fatos históricos que apontam a chegada do navegador português Martim Afonso de Souza, em 1532, na Praia da Biquinha. O monumento homenageia o quarto centenário da fundação da Vila de São Vicente e foi instalado no ilhéu chamado de Pedras do Mato.

 

  1. Biquinha de Anchieta

Ainda de frente para o Marco Padrão, olhando para o seu lado direito você verá a famosa Praça da Biquinha. Chamada popularmente desta forma por se tratar do lugar onde o padre José de Anchieta meditava e ministrava o catecismo. A bica, atualmente canalizada, é utilizada até hoje por moradores e turistas para se refrescarem e conta a lenda que quem bebe desta água sempre voltará a São Vicente. Ainda na Biquinha, você pode degustar de diversos tipos de doces que são oferecidos em barracas há mais de 50 anos. Uma tradição cultural de São Vicente mantida e preservada pelos moradores.

 

  1. Deck dos Pescadores

Mais uma vez você está de frente ao Marco Padrão com vista para a Praia do Gonzaguinha e nós sugerimos que você caminhe para sua direita indo ao encontro do Deck dos Pescadores. Um local de tranqüilidade e contemplação da natureza que é freqüentado por pescadores amadores e profissionais durante todo dia e noite. No Deck, olhando para a esquerda, é possível ter toda a vista da orla da praia do Gonzaguinha e olhando para a direita, um dos cartões postais de nossa Cidade, a Ponte Pênsil. Prepare seu celular e máquina fotográfica para fotos lindas!

 

  1. Ponte Pênsil

Ainda caminhando para a direita, você chegará na Ponte Pênsil, a primeira a ser montada no Brasil, que tinha como parte fundamental não só ligar a ilha ao continente, mas principalmente realizar o escoamento de dejetos, evitando propagação de doenças. Foi inaugurada em 1914 e é utilizada até hoje para acessar o bairro Japuí, onde encontram-se as principais marinas da Cidade. Dela você também avista a ponte do Mar Pequeno, que liga São Vicente a cidade de Praia Grande.

 

  1. Casa das Bananadas

Com 97 anos de tradição, a Casa das Bananadas é um ponto de referência de memória afetiva de moradores de toda a região da Baixada Santista. Muitas famílias cresceram freqüentando a doceria mais ilustre de São Vicente, onde são oferecidos doces de vários tipos produzidos da fruta. Até hoje moradores e turistas buscam a tradicional bananada da dona Osnilda e aproveitam para tomar um café com uma vista encantadora para a baía de São Vicente.

 

Sugestão Extra: Adorou o passeio sugerido e quer parar para petiscar, almoçar ou simplesmente tomar um drink a beira mar? Sugerimos que você faça o retorno até a orla da praia do Gonzaguinha e aproveito o comércio local que disponibiliza um cardápio bem variado de alimentação. Bares, restaurantes e quiosques aguardam por você e sua família.

 

2º) Turismo Cultural, Religioso e de Compras

Esse roteiro é walking tour (a pé) e você pode controlar quanto tempo deseja aplicar a ele. Tudo porque sugerimos três atrativos turístico que irão prender sua atenção de acordo com o seu interesse e um terceiro para sua disponibilidade para compras.

 

  1. Igreja Matriz (São Vicente Mártir)

Localizada na Praça João Pessoa, em frente a rodoviária temporária, a Igreja Matriz é um símbolo da fé vicentina. É a primeira igreja construída na cidade, por Martim Afonso de Sousa, próximo à praia da Biquinha, onde aconteceu a fundação oficial da Vila de São Vicente. Acabou sendo destruída devido a um maremoto que aconteceu em 1542. A segunda foi destruída por piratas e a terceira e atual foi erguida em 1757, onde permanece até hoje. Pequena e aconchegante, você pode aproveitar para exercer sua fé e acompanhar as missas que ocorrem nos seguintes horários: Segunda, Quarta, Quinta e Sexta, das 8h às 19 horas. Terça às 8 horas, Sábado às 19h e Domingos às 7h30, 10h30 e 18 horas.

  1. Vila de São Vicente

Saindo da igreja Matriz, olhando para frente, você verá um espaço Cultural chamado Vila de São Vicente, o local reproduz a arquitetura, usos e costumes da Primeira Cidade do Brasil, colonizada pelos portugueses, fazendo com que seus visitantes retornem ao princípio da construção da vila. Há acompanhamento de monitoria, onde o visitante poderá conhecer um pouco mais sobre a história de São Vicente e sentar para relaxar entre as casas e a fonte ouvindo os pássaros em meio a cidade. As visitas acontecem de terça a quinta, das 10h às 22 horas e de sexta a domingo das 10h às 23 horas. Entrada gratuita.

  1. Centro Histórico – Comércio Popular

De volta ao portão da Vila de São Vicente e olhando para a igreja Matriz, para o seu lado esquerdo começa o trajeto para um dos comércios populares mais fortes da Baixada Santista.  Reconhecida pelos moradores da região como a 25 de março da praia (em alusão ao comércio popular mais famoso de São Paulo), o Centro de São Vicente une preços atrativos, produtos variados e a praia a poucos quarteirões. Ideal para quem quer fazer compras, aproveitar o sol e o mar no final do dia. Pequenos comércios, grandes redes e restaurantes compõem esse complexo de sucesso e estão abertos de segunda a sábado das 9h às 18 horas.

  1. Casa Barão  

Localizada na Rua Frei Gaspar, próxima a prefeitura e ao principal shopping da Cidade, a Casa Barão é o Museu Histórico da Cidade que está instalado em uma antiga chácara residencial datada do fim do século XIX. Um dos lugares mais aconchegantes e tranquilos, localizado em meio ao fervor da cidade, que ainda possui uma reserva ecológica. A chácara pertenceu ao barão alemão Von Prietzelwitz e guarda um grande acervo entre móveis antigos, fotos, objetos de cultura caiçara e indígena, quadros a óleo com reproduções históricas. Após a visita você ainda pode aproveitar para tomar um café em um solarium com vista para o jardim e observar pássaros e pequenos saguis que moram no local. As visitas são  monitoradas, de segunda a sábado, das 9h às 17 horas e a entrada custa R$ 10,00.(Estudantes e idosos pagam meia). Rua Frei Gaspar, 280.

Dica: É bom lembrar que a ordem do passeio pode ser alterada conforme a necessidade e a preferência do visitante, mas sempre levando em consideração os horários de funcionamento para que nada fique esquecido no trajeto.

 

3º) Turismo de Aventura, Ecoturismo e Esportivo

 

A Nossa terceira sugestão para você é um passeio de esforço moderado a intenso e que poderá ser feito a pé ou não, dependendo do grau de preparação física que você tiver.

  1. Teleférico/ Morro da Asa Delta

Seu passeio inicia em uma das praias mais frequentadas de São Vicente, a praia do Itararé e é nela fica localizado um dos cartões postais da cidade, o teleférico. O trajeto é percorrido até o Morro da Asa Delta, onde atinge uma altura de 180 metros acima do nível do mar. O Morro é considerado o recanto dos praticantes de voo livre, asa delta, paraglider e parapente. Do pico é possível ter uma visão privilegiada da Baía de São Vicente e da cidade de Santos. De segunda a sexta (13h00 às 18h00) e finais de semana (10h00 às 18h00) você pode conhecer esse atrativo turístico, e o ingresso custa R$ 40,00, visitantes com 60 anos ou mais – R$ 20,00 – ida e crianças até 06 anos acompanhadas  por um adulto – Grátis

  1. Morro da Asa Delta

Você acaba de chegar no Morro da Asa Delta, fica na divisa das cidades de Santos e São Vicente. Uma vista linda de toda a orla marítima de Santos pode ser apreciada deste local. Se você não é tão radical, pode escolher um espaço para realizar piquenique com a família ou desfrutar do restaurante próximo a rampa de saltos. E por falar em salto, a Escola Dinâmica do Ar é a responsável por realizar voos de parapente e paramotor há mais de 35 anos. Funciona todos os dias das 10h às 18 horas e o voo duplo de ParaPente é de R$ 250,00. Dúvidas e agendamento podem ser realizados através do telefone (55) 13 99772-5044 Reginaldo Baratta ou (55) 13 97406- 8877 Jefferson Cacaroto.

  1. Orla da praia do Itararé

A praia mais famosa e de maior extensão de São Vicente, atrai turistas e munícipes por apresentar uma grande faixa de areia e quiosques que oferecem alimentos e bebidas 24 horas. Nela também existem competições esportivas ao longo do ano como surf, corrida, natação e eventos musicais que trazem artistas renomados para arenas montadas especialmente para a ocasião.

  1. Ilha Porchat

Endereço certo de grandes eventos sociais de São Vicente, de carnavais que entraram para os anais e que jamais serão esquecidos, a Ilha Porchat ainda é um lugar muito procurado por oferecer uma linda vista da Cidade, por abrigar dois restaurantes muito tradicionais, o Juá e o Terraço, além da The Club International, que atende o público GLBTQ há 14 anos. No topo você encontrará o Mirante que comemora os 500 anos do Brasil.

  1. Monumento 500 Anos

Esse monumento fica no topo da Ilha Porchat e pode ser acessado a pé, o que pode ser considerado uma subida de esforço moderado a intenso ou usando o serviço de transporte público no pé do morro que leva até o topo. O Monumento dos 500 anos de Descobrimento do Brasil é a única obra projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer em todo o litoral paulista. Uma plataforma que chama a atenção por seu design diferenciado, linhas arrojadas e que tem uma vista privilegiada de toda a praia do Itararé. Lugar perfeito para fotos mostrando a paisagem, principalmente ao pôr do sol. O espaço é aberto e não paga nada para acessar.

  1. Praia dos Milionários

Uma pequena e charmosa prainha, com apenas 200 metros de extensão, fica localizada a margem esquerda de quem está descendo da Ilha Porchat. Conhecida por possuir prédios com rampas para barcos que levam direto à areia e por alugar barcos para passeio. Suas águas calmas são propícias à prática de esportes náuticos, além de servir de cenário para o passeio de escuna em São Vicente.

Dica: Todo o trajeto é cercado de bares, restaurantes e quiosques que oferecem alimentação e diversão o dia inteiro e com valores que cabem em todos os bolsos. É importante lembrar que por se tratar de um trajeto considerado longo, roupas e calçados confortáveis são indicados, além de chapéu e protetor solar para os dias de sol intenso.